Hospedagem de Sites com cPanel, Domínio, Emails, PHP, Mysql, SSL grátis e Suporte 24h
Lc 1,5-25 - ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JOÃO

INTRODUÇÃO: A PESSOA E A MISSÃO DE JESUS
ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JOÃO BATISTA
(DEUS OUVE O PEDIDO DOS POBRES)

 

1,5 Nos dias de Herodes (O Grande),
      rei da Judeia,
      havia um sacerdote chamado Zacarias.
      Era do grupo de Abias.
      Sua esposa se chamava Isabel,
      e era descendente de Aarão.
6 Os dois eram justos diante de Deus:
   obedeciam fielmente a todos os mandamentos e
   estatutos do Senhor(1).
7 Não tinham filhos,
   porque Isabel era estéril, e (Gn 18,11; Jz 13,2-5; 1Sm 1,5-6)
   os dois já eram de idade avançada.


8 Certa ocasião, Zacarias fazia as funções sacerdotais diante de Deus,
                         pois era a vez do seu grupo realizar as cerimônias.
9 Conforme o costume do serviço sacerdotal,
          ele foi sorteado para entrar no Santuário do Senhor, e
                                         fazer a oferta do incenso. (Ex 30,6-8)
10 Na hora do incenso,
                     toda a assembléia do povo estava rezando no lado de fora.
11 Então apareceu a Zacarias um anjo do Senhor.
     Estava de pé, à direita do altar do incenso.
12 Ao vê-lo, Zacarias ficou perturbado e
                               o temor apoderou-se dele.
13 Mas o anjo disse: "Não temais, Zacarias!
                               O seu pedido foi ouvido, e
                               a sua mulher Isabel vai ter um filho, e
                               você lhe dará o nome de João.(=Javé é favorável)
14 Você ficará alegre e feliz, e
                      muita gente se alegrará com o nascimento do menino,
15 porque ele vai ser grande diante do Senhor.
                Ele não beberá vinho, nem bebida forte e, (Cf.: Nu 6,1+)
                      desde o ventre materno,
                      ficará cheio do Espírito Santo.
16 Ele reconduzirá muitos do povo de Israel ao Senhor seu Deus.
17 Caminhará à frente deles,
                        com o espírito e o poder de Elias, (Ml 3,23; Lc 9,30)
                        a fim de converter os corações dos pais aos filhos e
                        os rebeldes à sabedoria dos justos,
                        preparando para o Senhor um povo bem disposto."
18 Então Zacarias perguntou ao anjo:
             "Como vou saber se isso é verdade?
              Sou velho, e minha mulher é de idade avançada."
19 O anjo respondeu: "Eu sou Gabriel. (Dn 8,16)
             Estou sempre na presença de Deus, e
             fui enviado para anunciar-lhe esta boa-nova. (euvaggeli,sasqai)
20 Eis que você vai ficar mudo, e não poderá falar,
              até o dia em que essas coisas acontecerem,
              porque você não acreditou nas minhas palavras,
              que se cumprirão no tempo certo."
21 O povo ficou esperando Zacarias, e
                Estava maravilhado(evqau,mazon)
                com a sua demora no Santuário.
22 Quando saiu, não podia falar, (para dar a benção)
                         e eles compreenderam
                         que ele tinha tido uma visão no Santuário.
                         Zacarias falava com sinais, e continuava mudo.
23 Depois que terminou seus dias de serviço no Santuário,
                          Zacarias voltou para casa.
24 Algum tempo depois, sua mulher Isabel ficou grávida, e
                          se manteve oculta durante cinco meses.
25 Ela dizia: "Eis o que o Senhor fez por mim,
                    nos dias em que ele se dignou tirar-me da humilhação pública!"

****************

* 5-25: A esterilidade e velhice marcam a vida desse casal justo, e o tornam objeto de humilhação pública. Zacarias e Isabel representam a comunidade dos pobres e oprimidos, que dependem de Deus. Deus se volta para esses pobres: deles nascerá João, o último profeta da antiga Aliança. João abrirá o caminho para a chegada do Messias, que iniciará a história da libertação dos pobres (cf. nota em Ml 3,22-24).

 

5a - Que significa Zacarias? E Isabel?
       Zacarias é "Javé se lembra".

       Isabel, "Deus jurou" ou "Deus é consumação".

5b - Que Herodes era esse?
       Herodes, denominado o grande, não-judeu, filho do idumeu Antípatro e da árabe Kypros. Obteve do Senado romano o título de rei da Judéia, mas tinha sob o seu governo a Palestina toda com a Iduméia ao sul.

       Governou do ano 40 até 4 antes de Cristo. Foi o que matou as crianças de Belém.

       Note-se que no cálculo para determinar a data do nascimento de Jesus houve um erro de uns 5 anos.


5c - Diga algo sobre os sacerdotes judeus.
      O grande templo de Salomão necessitava de muita gente para todos os atos do culto. A tribo de Levi, 3º filho de Jacó e Lia, recebeu o privilégio de tribo sacerdotal (Dt 10,8-9), com direito ao sacerdócio de Aarão. Direito e sacerdócio hereditários. Por isso a tribo de Levi não recebeu um território próprio como as outras, e sim algumas cidades esparsas.

       Os sacerdotes dividiam-se em 24 turmas que se revezavam nos serviços sagrados. Competia a eles dar instrução em assuntos religiosos, cuidar do culto, administrar o templo e seus bens. Só depois de uma certa idade os sacerdotes tinham direito de participar dos sacrifícios.

       O grupo de Abias contava com 800 sacerdotes. E os 24 grupos somavam, segundo Flávio
Josefo, historiador judeu, 20.000 sacerdotes, sob a chefia do sumo sacerdote que supervisionava tudo e era o presidente do Sinédrio, tornando-se também chefe político da nação. Ele oferecia sacrifício cotidiano e executava os ritos do Dia da Expiação, com função vitalícia.


6 - Quem era considerado justo? (v. 6)
     Quem observava fielmente a lei de Deus.


7a - O que pensavam da esterilidade?
       Era vista como um castigo de Deus, um opróbrio!


7b - Conhece outras célebres estéreis do Antigo Testamento?
       Sara, mulher de Abraão (Gn 11,30), depois foi mãe de Isaac;

       Rebeca, mulher de Isaac (Gn 25,21), depois mãe de Esaú e Jacó;

       Raquel, mulher de Jacó (Gn 29,31), depois mãe de José e Benjamim;

       Ana, mulher de Elcana (1Sm 1,2), depois mãe do profeta Samuel; e

       Micol, esposa de Davi.


9a - Que era o Santo no templo?
       Era a 1a das duas salas que compunham o tabernáculo. Aí o sacerdote designado devia, ao lado do altar, renovar as brasas e os perfumes, deitar incenso no braseiro e, saindo do Santo, abençoar solenemente o povo da assembléia.

      A 2a sala era o Santo dos Santos, ou o lugar Santíssimo da presença de Deus, onde se encontrava uma réplica da Arca da Aliança; ali só o sumo sacerdote entrava uma vez por ano no Dia da Expiação (Lv 16; Hbr 9).


9b - Que fórmula de bênção usava o sacerdote? (Cf. Números capítulo 6)
       "O Senhor vos abençoe e vos guarde.

        O Senhor volva sobre vós o seu rosto sereno e vos seja benigno.

        O Senhor volva os olhos sobre vós e vos conceda a paz"  (Nm 6,24-27).


9c - Que pediria provavelmente Zacarias em oração?

       Todos os israelitas suplicavam sempre a Deus que apressasse a vinda do Messias libertador. Sem dúvida essa era a oração principal de Zacarias. Mas é claro também que ele e a esposa deviam pedir muito a Deus a graça de um filho. Todavia, depois de certa idade em que por natureza não é mais dado gerar, Zacarias cessou desse pedido. Se ele ainda estivesse rogando por um descendente não teria descrido do anúncio do anjo.


11a - Qual o nome do anjo que apareceu a Zacarias?
         Ele mesmo se revelou no v. 19: "Sou o anjo Gabriel". É o anjo da Encarnação.
Ele anunciou a Daniel (9,21-24) que faltavam 70 semanas de anos (70x7 = 490
anos) para a vinda do Messias. Ele anunciou a Encarnação a Maria (Lc 21,26-33).


11b - Que significa Gabriel?
         Significa "poder de Deus" ou "Deus é poderoso".


13 - Que significa João?
        Significa "Deus concedeu graça" ou "Deus tem misericórdia".

 

15a - Que era o nazireato? (Cf. Nm 6)
          Promessa feita por tempo determinado (mínimo 30 dias) para o período da infância ou da juventude, ou por toda a vida (1Sm 1,11), de não tomar bebida inebriante e de não cortar o cabelo em sinal de fidelidade ao Deus único contra a idolatria (Jz 13,4-14).


15b - No 1º e no 2º capítulos cite os versículos em que Lc mostra o Espírito Santo em ação.
1,15. 35. 41. 67; 2,25. 26. 27. Entre o Ev. e At. aparece 53 vezes o Espírito Santo agindo.


17a - Que significa "no espírito de Elias"?
         É o mesmo que dizer: terá a força moral de Elias, sua virtude e seu zelo pela
causa de Deus; será um novo Elias.


17b - Foi Malaquias que predisse a vinda do novo Elias antes do Messias. Encontre
e cite as palavras de Malaquias.

Ml 3,23 Vejam! Eu mandarei a vocês o profeta Elias, antes que venha o grandioso e terrível Dia de Javé. 24 Ele há de fazer que o coração dos pais voltem para os filhos e o coração dos filhos para os pais; e assim, quando eu vier, não condenarei o país à destruição total.

 

17c - Mt 11,14-15: "ele é o Elias que devia vir" e Mt 17,12: "Elias já veio". O
espiritismo vê nessas palavras a reencarnação de Elias em João Batista.  

       Elias viveu na Palestina no séc. 9 a.C. nos reinados de Acab e Ocozias
(1Rs 17-19; 2 Rs 1-2). Ele se opôs fortemente aos erros e abusos de
Acab, aos sacerdotes de Baal e aos israelitas apóstatas. João se opôs firmemente a
Herodes, escandaloso, aos fariseus hipócritas e aos israelitas afastados da Aliança
com Deus.


18 - Também Maria (Lc 1,34) perguntou ao anjo: "como vai ser isso se não conheço
homem?". Também Abraão perguntou a Deus (Gn 15,8): "como saberei que vou
possuir esta terra" que o Senhor me promete? E à promessa de um filho: "acaso
nascerá um filho a um homem de 100 anos, e Sara, que tem 90 anos, dará ainda à
luz?". Sara, por sua vez, perguntou também: "será verdade que vou dar à luz agora
que sou velha?" (Gn 18,13). Sara foi repreendida, Zacarias castigado, mas Abraão e
Maria não. Por que assim?
Abraão nunca duvidou de Deus. O sinal que ele pede é para reconhecer e não deixar passar despercebida a oportunidade em que Deus vai lhe confirmar a doação da terra. Sobre o filho, Abraão pergunta não duvidando, mas impactado e não cabendo em si diante de um prêmio que seria impossível à natureza. Quando o que recebemos é inesperado e por demais grandioso, dizemos sem duvidar: "como é possível? Nem acredito!". Sara, diante da enormidade prometida (Gn 18,12. 15;
21,6), ficou entre a dúvida e a fé. Zacarias permaneceu cético. A mudez que recebeu não é apenas castigo, mas o sinal desejado por ele, sinal diante do qual o povo reconheceu que ele teve uma experiência sobrenatural. Gedeão pediu um sinal sem duvidar (Jz 6,17). Isaías (Is 7,11), porque tinha certeza, propõe que Acaz peça qualquer sinal que quiser. Ezequias pede um sinal sem duvidar (Is 38,7-8) e a sombra do Sol retrocedeu.

20 - Até quando exatamente ficou Zacarias mudo?
       Até o oitavo dia de vida do menino, quando lhe foi dado o nome de João, indicado pelo anjo (1,13; 59-64). 

23 - A tradição aponta a atual Ain Karim como cidade de Zacarias. Localize-a.
       Situa-se a seis quilômetros a sudoeste de Jerusalém.

24a - Por que ou para que Isabel se ocultou?

         Achou que seria o recolhimento a melhor forma de transformar sua alegria num prolongado tempo de ação de graças a Deus pelo inestimável dom recebido de um filho em sua esterilidade. A mãe do consagrado vive como consagrada!

24b - Por que cinco meses?
         Simplesmente porque no sexto mês de sua gravidez (1,26. 39-44) chegou sua
prima Maria e o acontecimento começou a não ficar oculto.

25 - A que humilhação se refere Isabel?
A esterilidade era vista como um castigo de Deus muito humilhante.